segunda-feira, 21 de julho de 2008

SIDA




Já devia ter escrito este post no dia 29 de Maio deste ano, mas acho que não me apeteceu, por motivos que nem eu própria me lembro ou nem quero lembrar.
Mas quero fazer um pequeno tributo a quem a SIDA apanhou de surpresa, surpresa???? O que é a SIDA senão um "anão" que entra dentro do corpo humano e o corroí como qualquer doença e qualquer doença apanha um de nós de surpresa. É só ela (a doença) querer.

"A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), que penetra no organismo por contacto com uma pessoa infectada. A transmissão pode acontecer de três formas: relações sexuais; contacto com sangue infectado; de mãe para filho, durante a gravidez ou o parto e pela amamentação.

O VIH é um vírus bastante poderoso que, ao entrar no organismo, dirige-se ao sistema sanguíneo, onde começa de imediato a replicar-se, atacando o sistema imunológico, destruindo as células defensoras do organismo e deixando a pessoa infectada (seropositiva), mais debilitada e sensível a outras doenças, as chamadas infecções oportunistas que são provocadas por micróbios e que não afectam as pessoas cujo sistema imunológico funciona convenientemente. Também podem surgir alguns tipos de tumores (cancros).

Entre essas doenças, encontram-se a tuberculose; a pneumonia por Pneumocystis carinii; a candidose, que pode causar infecções na garganta e na vagina; o citomegalovirus um vírus que afecta os olhos e os intestinos; a toxoplasmose que pode causar lesões graves no cérebro; a criptosporidiose, uma doença intestinal; o sarcoma de Kaposi, uma forma de cancro que provoca o aparecimento de pequenos tumores na pele em várias zonas do corpo e pode, também, afectar o sistema gastrointestinal e os pulmões.

A SIDA provoca ainda perturbações como perda de peso, tumores no cérebro e outros problemas de saúde que, sem tratamento, podem levar à morte. Esta síndrome manifesta-se e evolui de modo diferente de pessoa para pessoa.
"
in www.roche.pt/sida

A informação hoje em dia não nos "obriga" interiormente a fazer tanta discriminação entre estes seres humanos, mas ainda existe interiormente uma repulsa enorme sobre estas pessoas. Esquecem-se, que se forem fazer análises podem ter uma doença com um términus muito mais rápido e ficar mais dependentes de outros, o que a meu ver, ter de depender de outrem para vestir, lavar, comer, etc, então essa é a verdadeira SIDA.

Para todos, eu vivi de muito perto, eu informei-me muito para puder abraçar, beijar, agarrar sem medo de contaminações, porque estava ali agarrado a mim, uma pessoa muito querida que sabia que ia partir em breve e jamais nos voltariamos a abraçar, todos os momentos foram poucos e tão longos ..............................................................

Para ti em especial, um abraço muito grande com todo o meu amor, e já sabes estejas onde estiveres eu amar-te-ei sempre.

Tua ...... Pulga

5 comentários:

Prosas Vadias disse...

Sabes A MAR
Teu

Eli disse...

...é um assunto que me passa pela cabeça inúmeras vezes!...

http://www.abelhaferrona.com disse...

É um assunto que nos devia passar pela cabeça milhares de vezes. Todas as doenças são más, são incapacitantes, mas esta, deixa a pessoa e os que a rodeiam incapacitantes, sem saberem o que fazer, ou melhor sabem que não podem fazer nada sabem que só podem esperar o dia da morte fisica e mental. Esta pessoa a que me refiro com todo o carinho, amor e respeito pela escolha de vida que vez, é o meu Pai, que morreu com apenas 58 anos e apenas há 13 anos.
A homenagem é para ele e para todos os que passaram por aquilo que ele passou.
Porque é uma morte horrivel, mas traumatizante, a pessoa está sempre a culpar-se, morre cheio de culpa, não consegue desculpar-se, é desgastante.
Um beijo Eli desta tua amiga, que neste momento está com a colmeia inundada de lágrimas, não por este motivo mas por muitos outros.
Ana

joão marinheiro disse...

Deixo um abraço do tamanho do mar

abelhaferrona.blogspot.com disse...

É com profunda gratidão que recebo esse abraço, ainda mais vindo do dono de um dos meus blogues favoritos, dos blogues lindos, que me fazem sonhar.
Um obrigado do fundo do coração desta mulher, que a vida transformou em abelhaferrona, ou tartaruga com uma carapaça enorme.
Um grande favo de mel
Ana