domingo, 14 de março de 2010



Lindo, lindo, lindo. A beleza de uma simples ribeira de água, que no Verão é só um fio e agora está transformada numa força da natureza, capaz de levar tudo à sua frente.
Triste para alguns que está força leva tudo, mas belo para outros pela sua força, pela sua coragem de não olhar a meios para correr, andar no seu leito, não vale a pena desviarem-lhe a rota, ela encontra-a sempre.
Corre, não sei para onde vai ter........ leva com ela tudo o que encontra ........................



AnaBorges

4 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Abelhaferrona disse...

Não gosto de pessoas que se escondem por detrás do anónimato, só mostram que não prestam para nada. Ninguem se deve pronunciar para tratar mal os outros, e só não elimino o comentário, para que se veja o lixo de pessoas que temos que aturar num blog.
Passe bem anónimo.

Abelhaferrona disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos de Freitas disse...

Se puxou desta forma o cordel do autoclismo é porque a falta de pau é notória. Esteja à vontade. Em stock possuímos cavalos marinhos e arronchos que fariam maravilhas nesse seu estilo azeiteiro. No outro dia podeira ver a luz do dia sob uma perspectiva diferente. Uma perspectiva que concerteza lhe vai agradar bastante. Muito próxima dos que no outro dia acordam com falta de qualquer coisa. Sirva-se. A deslocação e o respectivo tratamente são totalmente grátis!
E por fim, se desejar, ainda lhe poderemos fazer um tratamento de beleza. Ficará como novo e ninguém irá reparar no que lhe aconteceu. Acredite é infalível! Tá bem?