sábado, 21 de junho de 2008

E mais uma ida ao Vet com a NOYA



Hoje a NOYA voltou ao Dr. Veterinário. Coisas do acaso ou acaso das coisas. Depois de um simples jogo de bola, a NOYA ficou lesionada, já não pode jogar mais e está no "banco", depois de esperar uns dias, 2 ou 3 mais ou menos, a pata da NOYA não teve melhoras, além de ter perdido por completo o seu apetite de gourmet, que sem dúvida é dos caninos que conheço, o mais apurado e difícil de contentar. Já nem vou falar da quantidade de marcas de ração que existem na despensa, porque até mete dó, com tanta pobreza no mundo, mas como não posso ter na minha posse um lar de idosos, ou uma casa de acolhimento de crianças, então tento tratar o melhor que posso a minha fiel amiga.
Portanto, a Dona NOYA, encontra-se mesmo em baixo de forma, nem sei se é só fisica se terei que recorrer a um psicólogo, creio que sofre de solidão, mas como não posso dar-lhe atenção durante todo o dia e noite, porque a vida exige que eu tenha que trabalhar, já lhe expliquei isso, mas ela não entende ou faz que não entende.
Bom mais, uma ecografia, mais uns antibióticos, mais uma unha arrancada, mais uma vistoria aos ouvidos, olhos e dentes, e tirando a unha arrancada, tudo o resto parece estar no sitio, eu é que estou preocupada. Realmente quando atingimos esta bela idade, não deveríamos ter nada ao nosso encargo, já basta as contas diárias, a preocupação porque é que pagamos tanto de luz, se passamos a vida a desligar lâmpadas, uma só TV, que se liga de mês em quando, um frigorífico, e fogão e esquentador a gaz????? E a luz a aumentar???? Por favor EDP, que mal te fizemos?????
E tu NOYA??? quem quer fazer mal á minha cansominha???? Ela nem sai de casa, e quando sai, sai logo asneira e dinheiro da carteira.
Santinhos de todo o mundo e arredores tende dó desta pobre criatura que nada de mal faz, senão ter mimos a mais, mas Senhor que mal há nisso???? Será que não existem pessoas para quem possas mandar um bocadito do mal da cansominha???? não é desejar mal a ninguém, mas é ser solidária, ser democrata, até porque sempre ouvi dizer que o mal dividido por todos custa menos.
Força NOYA, nós vamos vence-los, nem que seja á dentada ......

1 comentário:

sonho disse...

A força da amizade vence todas as diferenças...



Aliás... para que diferenças se somos amigos?



Quando erramos... nos perdoamos e esquecemos



Se temos defeitos... não nos importamos...



Trocamos segredos...



e respeitamos as divergências...



Nas horas incertas,



sempre chegamos no momento certo...



Amigos sem cor... sem sexo... sem idade...



Amigo é só amigo...



Nos amparamos...nos defendemos...



sem pedir...



fazemos porque nos sentimos felizes em fazer...



Nos reverenciamos... adoramos... idolatramos... apreciamos... admiramos.



Nos mostramos amigos de verdade,



quando dizemos o que temos a dizer...



Nos aceitamos , sem querer mudanças...



Estamos sempre presente,



não só nos momentos de alegria,



compartilhando prazeres,



mas principalmente nos momentos mais difíceis...



Não tiramos a liberdade...



não sufocamos... não forçamos nossa presença...



Estamos perto quando de nós necessitam...



e ao nos afastarmos ,



respeitamos sempre a individualidade alheia.



A amizade não se força...



Mas tem uma força



que se intensifica a cada instante...



É dessa maneira que sou teu amigo !!!

Beijinhos
~
Sonho